Description of the project

 

O Projeto DREAM

O projeto é composto por 8 Instituições de Ensino Superior europeias parceiras, 12 dos países ACP e um grupo de instituições associadas. É implementado ao abrigo do programa Erasmus Mundus Ação 2 – Vertente 1, lote 18, Países ACP.

Entre os principais objetivos do projeto, destacam-se os seguintes:

  • Reforçar a cooperação institucional permitindo um melhor conhecimento dos parceiros e dos sistemas de ensino dos diferentes países, através de reuniões de formação de pessoal docente e administrativo, de workshops, bem como através da criação de novas perspetivas de parceria;
     
  • Capacitar os parceiros e associados dos países ACP, formando-os e motivando-os a tornarem-se condutores de transferência de conhecimento no seu país /região, melhorando a sua capacidade e qualidade de ensino através da transferência de boas práticas académicas de Instituições de Ensino Superior Europeias, mas também dos países ACP;
     
  • Desenvolver o Ensino Superior nos países ACP através da capacitação de recursos humanos dos parceiros / associados em novas áreas temáticas não abrangidas nos seus programas. Estas novas áreas irão contribuir para o desenvolvimento das Instituições de Ensino Superior mas também irá oferecer novas aspirações de formação aos alunos e funcionários;
     
  • Construção da capacidade de gestão através da transferência de “know-how” (saber- fazer) nos processos de mobilidade e no reconhecimento de estudos;
     
  • Consolidar a cooperação no sentido da sua sustentabilidade: a rede UNIPRISE terá uma contribuição importante para esse objetivo;
     
  • Melhorar o desempenho académico dos estudantes ACP, através da implementação de novas iniciativas (por exemplo, cursos de línguas obrigatórias para melhorar suas capacidades, permitindo-lhes explorar novas oportunidades de mobilidade para além da sua tradicional "zona de conforto");
     
  • Gerar uma sólida cooperação académica / de investigação fomentando cotutelas e graus conjuntos;
     
  • Estabelecer um elo de ligação com os atores dos países ACP e as partes interessadas, principalmente através da rede UNIPRISE, promovendo o desenvolvimento da cooperação no Ensino Superior através de estágios curriculares, posições de trabalho e de apoio à mobilidade dos melhores estudantes e funcionários.
     
  • Para atingir esses objetivos, o projeto prevê 190 mobilidades, divididas em 2 convocatórias.
     

 

Bolsas:

As bolsas disponíveis são:

Para candidatos dos países ACP:

  • Mestrado (Completo): 1 ano
  • Mestrado (Mobilidade): 10 meses

 

Áreas de estudo elegíveis

De acordo com as diretrizes da Comissão Europeia, as mobilidades no âmbito deste projeto são possíveis em 16 áreas de estudo:

  • 01.0 – Ciências Agrárias
     
  • 02.0 – Arquitetura, Planeamento Urbanístico e Regional
     
  • 03.0 – Arte e Design
     
  • 04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
     
  • 05.0 – Educação, Formação de Professores
     
  • 06.0 – Engenharia, Tecnologia
     
  • 07.0 - Geografia, Geologia
     
  • 08.0 - Humanidades
     
  • 09.0 – Línguas e Ciências Filológicas
     
  • 10.0 - Direito
     
  • 11.0 - Matemática, Informática
     
  • 12.0 – Ciências Médicas
     
  • 13.0 – Ciências Naturais
     
  • 14.0 – Ciências Sociais
     
  • 15.0 – Comunicação e Ciências da Informação
     
  • 16.0 – Outras Áreas de Estudo
     

Tenha em consideração que a área de estudos será tida em consideração no processo de seleção, juntamente com outros fatores como por exemplo a nota final da candidatura, o equilíbrio entre instituições, género e outras questões transversais, etc. A seleção final irá priorizar as áreas consideradas como mais relevantes para cada instituição e país, conforme indicado na tabela abaixo. Isso não significa que candidatos das outras áreas elegíveis não possam ser selecionados.

No entanto, a parceria estabeleceu algumas áreas de estudo como sendo prioritárias, de modo a contribuir para o desenvolvimento dos países e das respetivas instituições de ensino superior:

 

Região País Instituição Parceira Áreas Prioritárias
África Central Chade UNDJ

Todas as áreas elegíveis

Gabão USTM 01.0 – Ciências Agrárias
06.0 – Engenharia, Tecnologia
07.0 - Geologia
11.0 - Matemática, Informática
13.0 – Ciências Naturais
África Oriental e Austral Etiópia DU 01.0 – Ciências Agrárias
05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
12.0 – Ciências Médicas
Madagáscar UA

Todas as áreas elegíveis

África do Sul Angola UJES 02.0 – Arquitetura, Planeamento Urbanístico e Regional
01.0 – Ciências Agrárias
10.0 - Direito
12.0 – Ciências Médicas
14.0 - Economia
Moçambique UEM 01.0 – Ciências Agrárias
02.0 – Arquitetura, Planeamento Urbanístico e Regional
04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
06.0 – Engenharia, Tecnologia
07.0 - Geografia, Geologia
16.0 – Outras Áreas de Estudo
Zâmbia CBU Todas as áreas elegíveis
África Ocidental Cabo Verde UNICV 02.0 – Arquitetura, Planeamento Urbanístico e Regional
03.0 – Arte e Design
04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
08.0 - Humanidades
Nigéria UNN 01.0 – Ciências Agrárias
02.0 – Arquitetura, Planeamento Urbanístico e Regional
03.0 – Arte e Design
04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
07.0 - Geografia, Geologia
14.0 – Ciências Sociais
16.0 – Outras Áreas de Estudo
Caraíbas Trindade e Tobago UWI 01.0 – Ciências Agrárias
06.0 – Engenharia, Tecnologia
11.0 - Matemática, Informática
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
Pacífico Timor-Leste UNTL 01.0 – Ciências Agrárias
06.0 – Engenharia, Tecnologia
09.0 – Línguas e Ciências Filológicas
10.0 - Direito
Fiji USP 01.0 – Ciências Agrárias
05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
14.0 – Ciências Sociais

 

Região País Áreas Prioritárias
África Central Chade 01.0 – Ciências Agrárias
04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
05.0 – Educação, Formação de Professores
10.0 - Direito
12.0 – Ciências Médicas
Gabão 05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
África Oriental e Austral Etiópia 04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
Madagáscar 05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
África do Sul Angola 04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
05.0 – Educação, Formação de Professores
10.0 - Direito
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
Moçambique 05.0 – Educação, Formação de Professores
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
Zâmbia 04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
05.0 – Educação, Formação de Professores
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
África Ocidental Cape Verde 05.0 – Educação, Formação de Professores
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
Nigéria 10.0 - Direito
12.0 – Ciências Médicas
Caraíbas Trinidade e Tobago 05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
12.0 – Ciências Médicas
13.0 – Ciências Naturais
Pacífico Fiji 05.0 – Educação, Formação de Professores
06.0 – Engenharia, Tecnologia
12.0 – Ciências Médicas
Timor-Leste 04.0 – Estudos Comerciais, Ciências de Gestão
05.0 – Educação, Formação de Professores
12.0 – Ciências Médicas

 

Apoio financeiro

O montante mensal difere em função do tipo de mobilidade, conforme a seguinte tabela:

 

Mobilidade Número de Meses Valor Mensal
ACP » Europa Mestrado (mobilidade) 10 1.000 €
Mestrado (completo) 24 1.000 €
Doutoramento (mobilidade) 10 1.500 €
Pessoal académico e administrativo 1 2.500 €
Europa » ACP Pessoal académico e administrativo 1 2.500 €

 

Cada candidato/a selecionado/a irá receber uma bolsa mensal para cobrir os gastos de subsistência no país de acolhimento, uma viagem de ida e volta e um seguro de saúde, acidente e viagem válido durante todo o período de mobilidade na Europa.

Os estudantes estão também isentos do pagamento de taxas de matrícula na instituição de acolhimento, uma vez que estas (quando aplicáveis) serão cobertas pelo projeto.

 

Critérios de Avaliação

Tipo de Mobilidade/ Critério Mérito académico e experiência Motivação Plano de travalho Competências Linguísticas
Mestrado 43% 43% - 14%
Doutoramento 33% 17% 33% 17%
Staff 33% 17% 33% 17%

 

FAQs - Perguntas frequentes

FAQs - Perguntas frequentes

 

 

EACEA - Declaração de privacidade

Se os candidatos forem selecionados (propostos para uma bolsa de estudos, colocados na lista de reserva ou matriculados com fundos próprios), os seus dados podem ser usados para avaliar os programas, gerir eficientemente os projetos e produzir estatísticas. Os dados podem ser disponibilizados à EACEA, à Comissão Europeia, ao pessoal do Serviço Europeu de Ação Externa, bem como a outras partes interessadas do programa Erasmus+, como as Agências Nacionais Erasmus+, Gabinetes Nacionais Erasmus+ e a Associação de Estudantes e Antigos Alunos do Erasmus Mundus.